Cuscuz

–        Adoro cuscuz.

–        Oi?

–        Cuscuz com Nescau. Café da manhã no grau.

–        Olha, a rima de manhã cedo.

–        Ô, foi mal.

–        Para de rimar, cacete!

–        Tá, parei! Mas ó, que cuscuz com Nescau é o café da manhã perfeito, isso é.

–        Tô sabendo…

–        Serinho! Quer melhor maneira de começar o dia? O cuscuz amarelinho com manteiga derretendo por cima fazendo a base, mais o Nescau quente cheio de bolinha de leite Ninho, tá ligado? Satisfaz, e te deixa no grau pra qualquer coisa.

–        Mas encher a barriga de manhã cedo assim é bom pra saúde? E com quem você pegou essa mania de falar “no grau”?

–        Claro que é bom, é essencial! O café da manhã é a refeição mais importante do dia.

–        Lá vem você com essas concepções de americano.

–        Cumé?

–        Esse papo de café da manhã aí.

–        Nem é coisa de americano, todo mundo sabe disso.

–        Que nada, José! O povo começou nessa idéia de tanto ver filme gringo. Você mermo, aposto que começou essa maluquice depois de ver aquele filme antigão com o Stallone, que ele é policial e mãe dele fica enchendo o saco…

–        “Pare!, Senão Mamãe Atira”?

–        Esse aí. Lembra daquela cena, quando ela tá na casa dele e prepara o café? Desde a infância a mãe do cara empurra goela abaixo a refeição mais gordurosa possível logo de manhã, com a desculpa que é pra sustentar ele pro resto do dia. Isso é caô, inserido na cultura americana pra acostumar todo mundo a comer pra cacete, e engordar a população!

–        Mas eu tô falando de cuscuz.

–        Não interessa. Não é o que você come, e sim o quanto. O mundo caiu nessa onda de comilança e tá aí, esse exército da obesidade, sofrendo de doença cardíaca…

–        Ah é, né? E o que você acha que presta pra tomar café, sabido?

–        Salada de frutas, biscoito creme cráquer, saqualé? No máximo um pãozinho. Pra beber pode até ser o teu Nescau psicopata, mas eu prefiro um suco.

–        Vai se fuder, Hamilton. VAI SE FUDER. Por que então que você comeu anteontem no café três hamburgue e um copão de Coca-Cola?!

–        Foi a sobra da festa da Carol, porra.

–        Não importa! Você é outro manipulado pela influência dos americanos, outro soldado do exército da obesidade.

–        A verdade dói.

–        Quer dizer que você me esculhambou por comer cuscuz com Nescau e admite que pode comer bem pior do que eu?

–        Aham.

–        Assim, na boa?

–        É.

–        Po… Tá bom.

–        Fome da miséria… Bora fritar um ovo?

–        Tem bacon na geladeira ainda?

–        Tem. No grau.

–        Então bora.

E não discutiram mais. Isso, até o problemático do Hamilton notar a falta da frigideira teflon na dispensa e reclamar de como tudo que é frito com manteiga fica menos saudável. José perdeu a paciência, resmungou, xingou e foi na venda, pedir um pastel fiado.

Hamilton riu e foi fritar o bacon com ovo. Com muita manteiga.

Anúncios

Tags: , , ,

2 Respostas to “Cuscuz”

  1. Gabí Says:

    Ese é de longe o melhor!!! XD
    te amo primoooooo

  2. Hugo Says:

    Parabéns pelas crônicas.
    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: